NomadVisa: Trabalho, vistos e residência em Portugal

O que é um visto de nômade digital?

O que é o visto para nômades digitais?

Os vistos para nômades digitais são autorizações que permitem que a pessoa trabalhe remotamente em um país estrangeiro. O principal requisito para qualificação deste visto é a comprovação de que o nômade digital trabalha para um empregador ou empresa fora do país anfitrião (o qual vai emitir o visto) ou tem um negócio que possa ser gerenciado em qualquer lugar do mundo.

Atualmente mais de 33 países já oferecem vistos para nômades digitais e esse número não para de crescer. Os governos buscam através desse visto atrair talentos estrangeiros assim como impulsionar o mercado interno com o consumo realizado por esses novos residentes.

Aqui estão alguns dos países que são considerados os mais atrativos para os nômades digitais:

 

  • Antígua e Barbuda
    Este país oferece o “Visto de Residência para Nômades Digitais”, que permite que os titulares do visto vivam e trabalhem no país por até duas anos. Ele exige um depósito de US$ 1.500 e uma taxa de processamento de US$ 1.000, mas não há exigência de renda mínima ou de tempo mínimo de permanência.

  • Barbados
    O “Visto de Nômades Digitais” do Barbados permite que os titulares do visto vivam e trabalhem no país por até um ano. Ele exige um depósito de US$ 2.000 e uma taxa de processamento de US$ 2.000, mas não há exigência de renda mínima ou de tempo mínimo de permanência.

  • Uruguai
    O Uruguai oferece o “Visto de Nômades Digitais”, que permite que os titulares do visto vivam e trabalhem no país por até dois anos. Ele exige uma renda mínima de US$ 2.000 por mês e uma taxa de processamento de US$ 100, mas não há exigência de tempo mínimo de permanência.

  • Porto Rico
    Porto Rico oferece o “Programa de Visto de Nômades Digitais”, que permite que os titulares do visto vivam e trabalhem no país por até cinco anos. Ele exige uma renda mínima de US$ 50.000 por ano e uma taxa de processamento de US$ 1.000, mas não há exigência de tempo mínimo de permanência.

  • Singapura
    Singapura oferece o “Visto de Trabalho para Nômades Digitais”, que permite que os titulares do visto trabalhem no país por até um ano. Ele exige uma renda mínima de SGD 96.000 (cerca de US$ 70.000) por ano e uma taxa de processamento de SGD 30 (cerca de US$ 22), mas não há exigência de tempo mínimo de permanência.
 
É importante notar que os requisitos e condições para obter um visto nômade digital podem mudar com o tempo e podem variar amplamente de país para país. É sempre recomendável verificar as informações mais recentes diretamente com o governo do país

Quer saber mais, veja o artigo os TOP 3 países com vistos para nômades digitais que ganham até R$ 3.500.

Traremos em novas postagens conteúdos que explicam mais sobre esses vistos assim como o passo a passo para tirar proveito deles.

Mais artigos sobre 

🔔 Receba em primeira mão os novos conteúdos

Siga o Instagram do NomadVisa e seja notificado de novos artigos, posts e stories.

Receba nosso conteúdo por e-mail

Fique por dentro das novidades relacionadas a trabalho remoto, vistos para nômades, residência e oportunidades no exterior.